Já não é válido o selo Clean & Safe


Criado pelo Turismo de Portugal em 2020, na sequência da pandemia, a validade do selo Clean & Safe terminou no passado dia 30 de Junho, anunciou o Turismo de Portugal.

Andávamos todos com a cabeça às voltas, o comércio fechado, e Portugal a pensar como se promover como destino seguro dentro de um planeta em estado de sítio, quando o Turismo de Portugal anunciou que iria atribuir o selo Clean & Safe a empreendimentos turísticos, empresas de animação turística e agências de viagem — que seria simplesmente o reconhecimento de que exigiria às empresas um protocolo interno de higienização para evitar riscos de contágio.

Teve como principal objectivo “identificar medidas de saúde pública, em articulação com as orientações da Direcção-Geral da Saúde, que ao serem adoptadas permitissem às empresas de turismo operar em segurança e, desta forma, promover a confiança em Portugal como destino turístico”, recorda agora aquele organismo.



O selo Clean & Safe foi criado em plena pandemia
DR

O selo tinha a validade de um ano, era gratuito e opcional, exigindo a implementação nas empresas de um protocolo, a implementação de requisitos e formação obrigatória. Ao longo dos anos, o selo foi-se adaptando e foi-se alargando o seu âmbito, estabelecendo-se como um roteiro de boas práticas na gestão de vários tipos de riscos.

Um ano após a sua criação, numa parceria com a Direcção-Geral da Saúde e a NOVA Medical School, o Turismo de Portugal actualizou os requisitos para adesão ao selo Clean & Safe, com conteúdos informativos reforçados e disponíveis na plataforma digital Portugal Clean & Safe.

Dois anos após a sua criação, a versão de 2022 do selo alargou o seu âmbito a outras eventuais crises de saúde pública (outras pandemias ou ondas de calor), bem como uma nova dimensão de segurança transversal às actividades turísticas, abrangendo possíveis situações de risco decorrentes de fenómenos extremos e riscos colectivos (incêndios rurais, inundações, secas, sismos e tsunamis) e de constrangimentos internacionais (cibersegurança, refugiados e guerra).

Em função da evolução do projecto Clean & Safe, passa a disponibilizar-se, na área da gestão de riscos do Portal Business do Turismo de Portugal​, documentação técnica específica.



Source link