Em direto/ Vacinas da AstraZeneca e Pfizer diminuem até 80% probabilidade de morte por Covid-19 – Observador

Vacinas da AstraZeneca e Pfizer diminuem até 80% probabilidade de morte por Covid-19

Um indivíduo que recebeu uma dose da vacina da AstraZeneca tem menos 80% de hipótese de morrer por Covid-19 em comparação com uma pessoa não vacinada, revelou um novo estudo do serviço nacional de saúde inglês (PHE). Segundo a mesma análise, divulgada esta segunda-feira, a vacina da Pfizer-BioNTech confere a mesma proteção com uma só dose e uma proteção de até 97% com duas.

O estudo foi feito com base nos novos casos de Covid-19 confirmados entre dezembro e abril e no número de pessoas que morreram num espaço de 28 dias após terem testado positivo para o vírus. Estes foram comparados de acordo com o seu “estado de vacinação”.

A análise mostrou que uma única dose das vacinas da AstraZeneca ou Pfizer é capaz de conferir uma proteção alta e que ambas vacinas oferecem níveis semelhantes de defesa contra a mortalidade, de 44% a 55%, respetivamente, em comparação com indivíduos não vacinados.

De acordo com o PHE, quando combinada com a proteção que oferece contra a infeção pelo novo coronavírus, esta “equivale aproximadamente a uma proteção de 80% contra a mortalidade em indivíduos vacinados com uma única dose” de qualquer destas vacinas. No caso específico da vacina da Pfizer, esta proteção pode atingir os 97% com duas doses.

Um outro estudo do PHE concluiu que a vacinação contra a Covid-19 é também altamente eficaz a reduzir o risco de hospitalização, sobretudo nos mais velhos. Entre as pessoas com mais de 80 anos, duas doses da vacina reduzem em 93% a hipótese de um internamento hospitalar.

Para o PHE, estas conclusões “realçam a importância de as pessoas concluírem o seu processo de vacinação”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *