Ransomware: Média de resgates pagos é de cerca de 400.000 euros – Security Magazine

A Sophos, empresa de cibersegurança, anunciou que o custo total da recuperação de um ataque de ransomware mais do que duplicou num ano, tendo aumentado de 630.969 euros em 2020 para 1.53 milhões de euros em 2021.

Em média, os resgates pagos situam-se nos 414.267 euros. O pagamento mais elevado entre os inquiridos foi de 2.7 milhões de euros e o mais comum de 8.300 euros. Dez organizações pagaram resgates de cerca de 800 mil euros ou superiores.

O número de organizações que pagaram o resgate aumentou de 26% em 2020 para 32% em 2021, apesar de menos de uma em cada 10 (8%) terem conseguido recuperar todos os seus dados.

Mais de metade (54%) dos inquiridos acredita que os ciberataques são agora demasiado avançados para que a sua equipa de TI possa enfrentá-los sem ajuda.

A extorsão sem encriptação está a aumentar. Uma pequena, mas significativa parte dos inquiridos (7%) afirmou que os seus dados não tinham sido encriptados, mas tinham ficado reféns de qualquer forma, possivelmente porque os atacantes tinham conseguido roubar a sua informação. Em 2020, este número era de 3%.

O inquérito da Sophos foi realizado junto de 5.400 decisores de TI em organizações de média dimensão em 30 países de toda a Europa, Américas, Ásia-Pacífico e Ásia Central, Médio Oriente e África.

Se gosta desta notícia, subscreva gratuitamente a newsletter da Security Magazine.

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *