Aproveitem! ESET oferece desconto de 50% para alunos e professores – Pplware

Associando-se às iniciativas de telescola e de forma a providenciar um ambiente de trabalho à distância mais seguro, a ESET oferece a estudantes e professores um desconto de 50% no seu premiado software de cibersegurança.

Aproveitem a oportunidade e protejam as vossas máquinas.


Ricardo Neves, Marketing Manager da ESET Portugal, explica a propósito que “no atual contexto de pandemia, queremos que os estudantes e os professores portugueses beneficiem de uma experiência de teletrabalho com máxima segurança”.

“Além disso”, salientou, “no caso do ESET Internet Security, este é um produto que inclui características adicionais especialmente interessantes para os pais, uma vez que integra funcionalidades de controlo parental que podem também contribuir para melhorar a concentração dos alunos, evitando distrações durante o período letivo.

A telescola é, na realidade, um cenário de teletrabalho com especificidades próprias, mas que obriga aos mesmos cuidados – nalguns casos, redobrados – que temos de observar com qualquer situação de trabalho à distância. É nesse sentido que a ESET salienta quatro dicas que devem ser seguidas para evitar perigos no mundo digital.

Aproveitem! ESET oferece desconto de 50% para alunos e professores

Dicas ESET para um acesso mais seguro

#1 – Atenção ao PC que vai usar!

Muitas famílias vão acumulando computadores que, infelizmente, se tornam obsoletos com o tempo, devido à falta de suporte aos sistemas operativos mais antigos. Acontece que, muitas vezes, são precisamente estas as máquinas que são usadas pelos mais novos para acesso à telescola.

Os perigos maiores vêm dos equipamentos com sistemas operativos que deixaram de receber atualizações de segurança pela Microsoft (ex.: Windows Vista e Windows 7) que também não são suportados pela esmagadora maioria dos fornecedores de software de cibersegurança.

Caso tenha uma destas máquinas mais antigas e não tenha possibilidade de adquirir um equipamento mais moderno, investigue a possibilidade de atualizar esse computador com um sistema operativo mais recente, mesmo que para isso tenha de instalar mais RAM e/ou substituir o disco rígido por um SSD, para melhorar o desempenho.

#2 – Proteja o seu computador pessoal

Utilize uma solução de segurança no seu computador pessoal. Soluções mais sofisticadas, como é o caso do ESET Internet Security, permitem melhorar a segurança e experiência do trabalho remoto, incluindo não apenas os já referidos controlos parentais, mas também proteção contra malware que encontramos ao navegar na Internet, proteção em sites de comércio eletrónico, home banking e filtragem de ficheiros suspeitos através de mensagens de email, entre outras funcionalidades.

#3 – Proteja o seu router

Qualquer que seja o router que use em casa, esse é o dispositivo que irá proteger a sua rede doméstica contra intrusos. Há algumas coisas básicas que deverá fazer para tonar a sua rede mais segura. Alterar a password predefinida, atualizar o firmware para a versão mais recente e mudar o nome da rede doméstica Wi-Fi.

Leia as instruções do router de forma a saber como alterar os seus parâmetros. Essa será a primeira coisa a alterar. Depois, veja como poderá atualizar o firmware do equipamento para uma versão mais recente, já que os fabricantes estão atentos e lançam regularmente atualizações. Caso haja uma opção para atualização automática do firmware, ative-a.

Finalmente, altere também o nome da rede Wi-Fi predefinida (a opção poderá ter o nome de “SSID” no painel de controlo do router) e opte por utilizar chaves criptográficas WPA2 ou WPA3 nas ligações sem fios. Caso o seu router seja muito antigo e só suporte WPA (sem “2” nem “3”) deverá substituí-lo por um modelo mais moderno.

#4 – Use uma rede privada virtual (VPN) e 2FA

Este é um conselho mais para os professores do que para os alunos. Caso necessite de aceder à rede da escola enquanto trabalha remotamente, deverá proteger melhor essa comunicação com uma VPN, que estabelece um “túnel” seguro onde a ligação tem lugar.

Caso a sua instituição de ensino faculte um sistema de segurança 2FA (autenticação de dois fatores), utilize-a nos acessos a sistemas ou aplicações. O conceito desta tecnologia é simples: consiste em adicionar um segundo fator de autenticação às credenciais baseadas em nome de utilizador e palavra-passe. Este segundo fator de autenticação é tipicamente uma palavra-passe de única utilização (OTP) gerada numa app no smartphone ou enviada por SMS/email. Os alunos, sempre que possível, também a devem adotar, dado que muitas aplicações já disponibilizam esta tecnologia, por exemplo, no email.

Disponibilidade e preço

O desconto de 50% da ESET é válido para os professores e estudantes, sendo aplicado aos softwares: ESET NOD32 Antivirus, ESET Internet Security, ESET Cyber Security, ESET Cyber Security Pro e ESET Mobile Security.

A aquisição é feita a partir da loja online da ESET https://loja.eset.pt/ensino, sendo apenas necessário aos interessados fazer o upload de um documento que prove ser estudante ou professor. O valor mais baixo para licenças de um ano é de 4,99€ e a mais alta de 17,50€.

Obter desconto aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *