Vendas dos novos smartphones da Samsung arrancam hoje em Portugal. “Inovação é essencial para dar a volta a adversidades” – Jornal Económico

As vendas em Portugal da nova linha Samsung Galaxy S21 começam esta sexta-feira, 29 de janeiro, e a expectativa da tecnológica sul-coreana quanto à adesão dos consumidores “não podia ser melhor”, garante Nuno Parreira, responsável nacional da divisão Mobile da Samsung. Em entrevista ao Jornal Económico, o executivo da empresa considera que a gama está preparada para “dar resposta a todas as necessidades dos consumidores de hoje”.

Que adesão antecipam em Portugal?

Todos sabemos que o contexto em que vivemos colocou a tecnologia ainda mais no centro das nossas vidas, contamos com a tecnologia para socializar, para nos mantermos saudáveis e para trabalhar remotamente. Estamos perante uma nova linha dotada de um nível de construção de excelência, elevado desempenho e esteticamente disruptiva. Os três novos modelos incluem o processador mais avançado de sempre incluído num Galaxy e um novo módulo de câmaras único que nos prende a atenção desde o primeiro minuto. Os níveis de aceitação do produto por parte dos especialistas têm sido esclarecedores, existe um grande interesse nas novas funcionalidades da câmara e uma aprovação geral face ao novo design. Registamos também uma ressonância forte pela parte do consumidor à comunicação do produto, com elevados números de acesso ao site, interesse em saber mais sobre as novas funcionalidades e uma boa performance da campanha de pré-vendas com vendas diárias bem acima do registado no ano passado.

Durante o último ano o consumidor tornou-se mais racional e ponderado nas suas escolhas, mais digital e mais dinâmico

O facto de os espaços comerciais estarem encerrados – e assim terem estado durante várias semanas em 2020 – prejudicou as vendas dos vossos produtos mobile?

O ano de 2020 foi sem dúvida um ano desafiante para todas as marcas de todos os setores de atividade, sobretudo ao nível das estratégias de vendas. O aumento do comércio online foi uma das alternativas para fazer face a todas as restrições. Segundo a IDC, o mercado de mobile registou uma quebra a nível mundial na ordem dos 9% até ao terceiro trimestre de 2020. Ainda assim, a Samsung voltou a liderar este mercado com cerca de 22,7% de quota de mercado e mais de 80 milhões de unidades vendidas só neste período.  A nível local, a Samsung reforçou a sua quota de mercado face a anos anteriores, o que é um feito notável de toda a equipa, que não deitou a toalha ao chão e aumentou os esforços para entregar ao consumidor português a mais recente tecnologia Galaxy. Notámos que durante o último ano o consumidor tornou-se mais racional e ponderado nas suas escolhas, mais digital e mais dinâmico, e isso implicou uma séria análise da parte da marca para compreender a estes novos comportamentos. Foi necessário reformar, reorganizar e apostar em ações e campanhas com que as pessoas se indentificassem. A estratégia resultou, após uma quebra de vendas que ocorreu durante o primeiro confinamento, conseguimos recuperar e terminar o ano atingindo todos os objetivos e aumentando a nossa quota de mercado.

Nos últimos anos as ameaças mobile com evolução mais expressiva estiveram estreitamente relacionadas com a violação da privacidade digital: o adware e o stalkerware. De que forma a equipa da Samsung têm procurado evitar estes problemas nos telefones, relógios…?

Contamos com os nossos smartphones mais do que nunca e proteger informações confidenciais é também mais importante do que nunca. As nossas equipas estão em constante desenvolvimento de ferramentas que permitam oferecer o máximo nível de segurança aos nossos utilizadores. Os novos Galaxy S21, por exemplo, estão protegidos pelo Samsung Knox Vault, a plataforma de segurança de nível de chipset (SoC) própria da Samsung. O Samsung Knox Vault permite ao Galaxy S21 criar uma camada de proteção, ao adicionar memória segura resistente à violação do nosso processador. Os novos Galaxy S21 também apresentam uma nova ferramenta para proteger e monitorizar a sua privacidade, pode, por exemplo, remover com segurança os metadados de localização das fotos antes de as partilhar. Com a função, totalmente nova, Private Share dos Galaxy S21, os utilizadores podem controlar quem tem acesso ao conteúdo que enviam e por quanto tempo esta estará disponível – desta forma podem partilhar o conteúdo sem preocupações. A segurança dos dados dos nossos consumidores é uma prioridade e é nesse sentido que estamos em constante contacto com o Gabinete Nacional de Segurança (GNS), autoridade máxima de segurança e cibersegurança do nosso país, para certificar os nossos dispositivos móveis. A certificação do GNS resulta de rigorosos testes de avaliação funcional e criptográfico à plataforma Samsung Knox e comprova o seu elevado grau de segurança e inviolabilidade. Desde 2018 que a Samsung e única fabricante de dispositivos móveis a obter esta certificação. É importante sublinhar que a plataforma Samsung Knox se encontra integrada nos smartphones, tablets e wearables da Samsung e que tem vindo a ser continuamente melhorada com novas funcionalidades.

A segurança dos dados dos nossos consumidores é uma prioridade

Tal como se tem vindo a confirmar por diversos relatórios de mercado, a pandemia – e em específico o teletrabalho – alavancou a venda de smartphones mais premium. É uma tendência que se está a verificar também nesta empresa?

A mudança e o momento que estamos a viver obrigou empresas e pessoas em todo o mundo a ajustarem as suas formas de trabalhar, a acelerar processos de transformação digital já em curso, a tirar partido da tecnologia e a garantir a continuidade dos seus negócios a uma velocidade sem precedentes. Uma das tendências que se tem verificado é que para fazer face aos novos desafios, as pessoas começaram a optar cada vez mais por modelos premium, que oferecem recursos de última geração que acabam por facilitar o novo normal do dia-a-dia. O teletrabalho, as videoconferências e o consequente aumento da utilização do vídeo, e do mobile gaming, fazem com que os smartphones se tornem verdadeiras extensões das nossas vidas quer ao nível pessoal, como profissional. Nesse sentido os utilizadores passaram a privilegiar a rapidez, bem como a qualidade da imagem, na criação e reprodução de conteúdos optando por fazer um maior investimento de forma a garantir essas qualidades. Uma das principais aprendizagens que podemos daqui retirar é que a inovação é essencial para dar a volta a qualquer adversidade e foi a pensar neste paradigma que continuámos o nosso caminho com o lançamento de novos equipamentos dotados da mais recente tecnologia do mercado e penso que isso foi essencial para conseguirmos dar resposta ao tamanho desafio imposto por esta crise pandémica. Além dos equipamentos compatíveis com o 5G, houve um impulso crescente nos smartphones dobráveis, uma categoria de equipamentos que apresentámos em 2019 com o Galaxy Fold e que demos continuidade em 2020 com o lançamento do Galaxy Z Flip e do Galaxy Z Fold2, um smartphone que reinventa o que é possível fazer com a tecnologia móvel.

A Samsung voltou à liderança mundial na venda de telemóveis no ano passado. O que têm planeado para manter o topo do ranking?

Os dados que temos indicam-nos que no acumulado das vendas dos últimos anos sempre mantivemos a posição de liderança a nível global. A Samsung tem impulsionado esta categoria nos últimos dez anos e acreditamos que a inovação que trazemos para o mercado é a grande força motriz deste sucesso. Temos um histórico de inovação muito forte e continuamos a entusiasmar com os novos lançamentos, nos últimos anos introduzimos funcionalidades inovadoras nas gamas médias e não restringimos as novidades tecnológicas ao segmento premium, esta estratégia é valorizada e reconhecida pelos consumidores. Surpreendemos com a introdução de dispositivos dobráveis e acreditamos que o futuro passa pela democratização deste novo paradigma de mobilidade. Com a chegada da gama Galaxy S21 contamos com um portfolio muito competitivo no segmento premium e muito brevemente teremos novidades na gama média. Estamos entusiasmados com o que a Samsung tem conquistado nos últimos anos, mas enquanto pioneiros apaixonados e comprometidos em desafiar as barreiras ao progresso, estamos sempre a pensar no que vem a seguir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *