Um em cada dez gamers já foi vítima de roubo de identidade – Notícias ao Minuto

Mais de um décimo dos jogadores de videojogos (12%) foi vítima de roubo de identidade, segundo concluiu uma nova investigação global da Kaspersky sobre gaming.

A multinacional de cibersegurança fez este levantamento com recurso à consultora Savanta, em novembro de 2020, com o objetivo analisar o estado atual do gaming a nível global.

De acordo com o total de 5.031 jogadores inquiridos em 17 países, quase um quinto (19%) afirmou ter sido vítima de bullying enquanto jogava. Esta tendência alarmante ganha ainda maior destaque em países como a Rússia (44%), Turquia (28%), Arábia Saudita (27%) e EUA (27%).

A juntar ao bullying, um terço (33%) dos jogadores afirmou ainda ter sofrido nas mãos de “indivíduos enganadores” ou ‘cheaters’. Em conjunto, todos estes aspetos causam stress e ansiedade a 31% dos jogadores, o que é preocupante, uma vez que o alívio do stress é o principal motivo (62%) que leva os inquiridos a jogar, bem como a adrenalina que sentem (62%) e a amizades que estabelecem (46%).

Leia Também: ‘Fortnite’. Concerto de Travis Scott rendeu cerca de 16 milhões de euros

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *