Como saber se meu CPF foi vazado? – Blog do Vestibular

O vazamento de informações de um banco de dados expôs 220 milhões de pessoas. O número é maior que a população brasileira de, atualmente, 211,8 milhões de habitantes. Identificada na terça-feira (19) pela empresa de cibersegurança PSafe, a falha revelou dados como nome completo, data de nascimento e CPF.

O problema mostrou ainda dados de 104 milhões de veículos. Entre as informações estava o número de chassi, placa do veículo, município, cor, marca, modelo, ano de fabricação, cilindradas e tipo de combustível utilizado.

Além disso, dados de 40 milhões de empresas, contendo CNPJ, razão social, nome fantasia e data de fundação também vazaram.

O diretor do laboratório de cibersegurança da Psafe, Emilio Simoni, disse ao Extra que esses dados são utilizados principalmente em golpes de phishing.

Segundo ele, por conta do valor dessas informações para o mercado, esses dados têm sido comercializados ilegalmente na dark web. A Psafe ainda está investigando como essas informações foram obtidas.

Se você está preocupado com os seus dados na internet, saiba que o Serasa lançou uma ferramenta, que consegue fazer uma busca na Dark Web pelos seus dados. Assim, veja a seguir como saber se o seu nome está presente na Dark Web.

Como funciona

Através do site do Serasa, você poderá apenas realizar uma consulta para saber se o seu nome está na Dark Web. Desta forma, caso ele esteja, será necessário você tomar uma série de etapas para se proteger. As principais delas são:

  • Acompanhar seu extrato bancário, ficando atento a transações desconhecidas;
  • Evitar compartilhar dados pessoais por e-mail: nome, CPF e conta bancária;
  • Substituir as senhas atuais por outras mais eficientes, exclusivas e seguras;
  • Cancelar rapidamente cartões bancários, fazer um boletim de ocorrência e ativar o alerta de documentos no Serasa;
  • Atenção à e-mails de origem desconhecida;
  • Evitar compartilhamento de dados pessoais por e-mail e/ou rede sociais;
  • Desconfiar de ligações que solicitem a confirmação de dados pessoais.
  • Como descobrir se o seu nome está na Dark Web

Para saber se o seu nome está na Dark Web, o primeiro passo é realizar um cadastro no site do Serasa Consumidor, que é gratuito, apesar de oferecer alguns recursos pagos. O serviço, que é oficial, pode ser acessado por este link e requer poucos dados para o cadastro.

Depois de ter realizado o cadastro ou ter efetuado o login no site do Serasa, basta seguir estes passos para saber se o seu nome está na Dark Web. Confira:

  • Acesse esta página do Serasa Antifraude Darkweb;
  • Entre com o seu endereço de e-mail no campo destacado e clique em “Descobrir”;
  • Veja o resultado.

Pronto! Agora, você já sabe como descobrir se o seu nome está circulando na Dark Web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *