Segredos dos EUA podem ter sido expostos em ataque informático – ZAP

Alguns dos segredos institucionais mais bem guardados dos Estados Unidos podem ter sido roubados após um ataque informático alegadamente perpetuado pelo Governo russo.

O jornal britânico The Guardian escreve que alguma da informação é relativa a segredos nucleares, dados da vacina contra a covid-19 e sistemas de armas de próxima geração.

No domingo, a empresa SolarWinds alertou os clientes de que uma “nação externa” tinha encontrado uma maneira de acessar software utilizado por algumas das maiores agências governamentais e empresas dos Estados Unidos.

O Pentágono é um dos departamentos que utiliza o software em causa, mas, “por razões de segurança operacional”, não revela se os seus sistemas foram pirateados ou não.

Os departamentos do Tesouro e do Comércio foram apenas dois das dezenas de alvos dos ataques. Em causa estará uma atualização de software comercial distribuída por milhares de clientes da SolarWinds. Nos meses desde que a atualização foi lançada, os hackers extraíram cuidadosamente os dados, muitas vezes criptografando-os para cobrir a operação.

Especialistas em cibersegurança argumentam que as técnicas utilizadas para o ataque informático são típicas da SVR, o Serviço de Inteligência Estrangeiro dos russos.

Thomas Rid, da Universidade Johns Hopkins, diz que a provável eficácia do ataque é comparável à invasão “Moonlight Maze”, uma operação russa que visou, durante os anos 90, alvos como a NASA e o Pentágono.

Os agentes de inteligência normalmente procuram as últimas novidades em tecnologias de armas e sistemas de defesa antimísseis. Além disso, desenvolvem dossiês sobre funcionários rivais do Governo, potencialmente para recrutamento como espiões.

Daniel Costa, ZAP //

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *