Sabe o que significa ‘phishing’ e quais as suas repercussões? – Jornal Económico

A Internet trouxe imensas vantagens ao mundo atual, mas também alguns aspetos negativos, tais como as tentativas de burlas por via de mensagens eletrónicas, através do correio eletrónico ou até mesmo das redes sociais, que podem ter consequências graves para as suas vítimas, em especial, de cariz financeiro.

A palavra em causa surgiu a partir da palavra em inglês “fishing” que significa pescar, o que faz sentido por tratar-se de uma atividade que depende, em grande parte, de tentar burlar outra pessoa à distância e através de “iscos”, ou seja, de motivos capazes de atrair a atenção da vítima para ter a sua colaboração e lesá-la, conforme pretendido pelo burlão.

As mensagens em causa são, muitas vezes, elaboradas de modo a parecerem credíveis e oficiais, de entidades publicamente conhecidas, tais como instituições bancárias, operadoras telefónicas, instituições de crédito e até entidades do Estado, como a Autoridade Tributária.

Se a “isco” apanhar o consumidor, este poderá, sem saber e sem o desejar, partilhar as suas informações pessoas sensíveis e confidenciais a desconhecidos, tais como dados bancários, morada, nome e/ou contato pela contaminação do seu equipamento eletrónico ao aceitar um vírus quando pensa estar a aderir a qualquer outra coisa.

Assim, deve ter muita atenção a todas as notificações recebidas, em especial ao seu visual habitual, à respetiva ortografia e às hiperligações contidas nessas mensagens com menções estranhas.

Além disso, as tentativas de cobrança quanto a alegadas dívidas não são efetuadas desse modo e sim, sempre por correspondência devidamente formalizada e enviada para a sua morada fiscal ou outra, caso assim tenha convencionado. Não se deixe alarmar pela ameaça ou urgência do texto que possa receber. Desconfie sempre e tenha muito cuidado.

Em caso de incerteza sobre a legitimidade de uma mensagem, entre em contato com entidade mencionada por telefone ou via Internet e solicite um esclarecimento, em alternativa contate o Centro Nacional de Cibersegurança e efetue a sua denúncia.

Conte com o apoio da DECO MADEIRA através do número de telefone 968 800 489/291 146 520, do endereço electrónico deco.madeira@deco.pt. Pode também marcar atendimento via Skype. Siga-nos nas redes sociais Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin e Youtube!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *