Escola de programação Ironhack lança serviço de recrutamento em tecnologia – Observador

A escola de programação espanhola Ironhack lançou um novo serviço de procura e seleção de talento tecnológico. Objetivo: otimizar e simplificar o processo de recrutamento na área de tecnologia para as empresas. Além de formar alunos em desenvolvimento web, análise de dados, UX/UI e cibersegurança, a escola também faz agora a ponte entre os alunos e empresas da área.

Sabemos que há várias empresas a precisar de profissionais com competências específicas e que o processo de recrutamento pode ser demoroso e exigente em termos de recursos. Com esta nova área de atuação, facilitamos o processo e tornamo-lo mais ágil e eficaz, evitando a necessidade de o repetir pouco tempo depois”, explica Munique Martins, responsável pelo campus da Ironhack de Lisboa.

Em Portugal, segundo dados da Eurostat, citados pela Ironhack, 47% das empresas não conseguem preencher as vagas de tecnologia. Para apoiar as empresas onde há escassez e dificuldade em encontrar o talento certo, a escola, que conta com nove campus físicos (Lisboa, Madrid, Barcelona, Paris, Amesterdão, Berlim, Miami, São Paulo e Cidade do México) e um virtual (Ironhack Remote).

Como funciona o serviço? Conforme o cargo disponível, a escola indica, a partir da sua base de dados de alunos, aqueles que se enquadrem na função e perfil requerido, para que sejam submetidos ao processo de recrutamento da empresa.

Desde que chegou a Portugal em 2018, a Ironhack formou mais de 330 alunos em áreas tecnológicas. Empresas como a Mercedes-Benz, a Critical Techwords, a Philip Moris e a Advert.io, entre outras, já apostaram neste novo serviço de recrutamento. A nível global, a Ironhack já formou 7.000 estudantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *